Quintino Lopes RIBEIRO, ®
(1912-1960)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Maria Branca Aguiar Monteiro BARRETO, ®

2. Adelaide Barbosa BARROS, ®

Quintino Lopes RIBEIRO, ®

  • Nascimento: 31 Out 1912, São Nicolau Tolentino, São Domingos, Cabo Verde
  • Partnership (1): Maria Branca Aguiar Monteiro BARRETO, ® em Praia, Santiago, Cabo Verde
  • Casamento (2): Adelaide Barbosa BARROS, ®
  • Óbito: 4 Dez 1960, Praia, Santiago, Cabo Verde com 48 anos de idade

Símbolo   Quintino também usou o nome Mocho RIBEIRO.

imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Homenagem/Louvor/Reconhecimento. Nasceu a 31 de Outubro de 1912, Deixou o mundo dos vivos, quando menos se esperava. Tinha apenas 48 anos. Completaria, se vivo, justamente 100 anos de existência, no dia em que é homenageado.
Fez os seus estudos primários em S. Domingos, de onde era natural e parte do secundário no liceu Gil Eanes e no Seminário Liceu de S. Nicolau.
Cedo tornou-se Professor de posto escolar, tendo leccionado em quase toda a Ilha de Santiago, nomeadamente em localidades como S. Domingos, Santa Catarina, Flamengos, Jalalo Ramos, Cidade Velha, e na então Escola Central da Praia
Porém, foi na recém inaugurada Escola do Bairro Craveiro Lopes, de que foi o primeiro Professor, que ele dedicou a maior parte da sua curta passagem por este mundo, quase toda ela dedicada à causa da educação.
Dotado de um espírito altamente altruísta, servia-se tanto da sua residência como das escolas por onde leccionou para, e a título gratuito, em momentos que podiam ser de lazer, ensinar crianças com mais dificuldades e outros que, por quaisquer imposições ou até impedimentos, estavam afastados do sistema formal de ensino.
Apesar da sua perda prematura, passaram por ele várias gerações, das quais saíram quadros, hoje, alguns conceituados professores e não poucos destacados funcionários da Administração Pública Cabo-Verdiana e outros desempenhando além fronteiras.
De entre os seus colegas ainda vivos e nesta cidade residentes caberia citar nomes como os das Sras. Ivete Antunes e Lurdes Miranda, por serem os que mais de perto com ele conviveram e trabalharam.
Dos já desaparecidos e que lhe estavam mais chegados recordo-me de figuras como Augusto Barbosa Barros (seu cunhado), José dos Reis Borges, Arcádio Fernandes, Alice Santos, Hugo dos Reis Borges, Velhinho Rodrigues, Ildo Parreira, Patrício Pereira, António Ramos Évora, para só citar alguns.
Gostava do desporto e praticava-o, privilegiando o pugilismo e o hipismo.
Autêntico homem do campo, aproveitava as suas férias dedicando-se à prática da agricultura.
Não gostaria de deixar fugir esta oportunidade para fazer algumas referências ao papel do Professor, profissão que desempenhou com toda a sua energia e tudo o que a sua inteligência e capaciadade lhe permitiram, não obstante as inúmeras dificuldades com que se deparou.
Constitui dado assente que a educação desempenha um papel ambicioso no desenvolvimento dos indivíduos e da sociedade e que a busca de conhecimentos sempre constituiu um meio para alcançar um fim : a mehoria das condições de vida, quase sempre adversas entre nós.
No mundo de hoje todos são convidados a aproveitar as ocasiões de aprender que se lhes oferecem ao longo da vida e têm o direito de ter a possibilidade de o fazer.
Para tanto, espera-se e exige-se muito do professor, pois dele depende, em grande parte a concretização deste desiderato.
O arquiteto projeta e planeia, o engenheiro constrói estradas, pontes, edifícios, o médico cuida e restabelece a saúde e ajuda a prolongar a esperança de vida, o cientista e investigador fazem milagres que hoje até desconhecemos a fronteira a que nos transportam, enfim, um sem número de profissões que conduziram a sociedade hodierna ao estado a que chegou. Quero apenas referir-me aos aspectos positivos desta evolução revolucionária.
Tudo isto não seria possível caso não houvesse este profissional modesto, não raras vezes secundarizado ou marginalizado - o professor do ensino básico.
É na fase inicial da educação básica que se formam no essencial, as atitudes da criança em relação ao estudo, assim como a imagem que ela faz de si mesma e se começa a desenhar o que o futuro lhe irá reservar.
Quanto maiores forem as dificuldades que o aluno tiver de ultrapassar - pobreza, meio social difícil, conflitos familiares, (condicionalismos que infelizmente ainda abundam entre nós) mais se exige do Professor do ensino básico.
Para ser eficaz terá de recorrer a competências pedagógicas muito diversas e congregar qualidades humanas como sejam a autoridade, empatia, paciência e humildade.
Mas também e essencialmente torna-se imperioso que tenha conhecimentos, que possua saber. Nem sempre quem sabe, sabe ensinar, mas quem não sabe, jamais pode ensinar com o mínimo de exigências que o nosso quotidiano exige.
A importância do papel do professor enquanto agente de mudança, favorecendo a compreensão mútua e a tolerância, nunca foi tão patente como hoje em dia.

É-lhe cometida a responsabilidade de contribuir para a formação do carácter e da personalidade das novas gerações.
Com este apontamento pretendi tão simplesmente render um merecido tributo àquele a quem devo a minha existência e que deu de si o melhor que pôde em prol do ensino em Cabo Verde .

Praia, 2012-10-30

Oscar Ribeiro



• Profissão: professor primário: Praia, Santiago, Cabo Verde. Foto entre diversos colegas.


imagem

Quintino had a relationship with Maria Branca Aguiar Monteiro BARRETO, ®, filha de Anastácio Monteiro BARRETO e Amália Nunes de AGUIAR, em Praia, Santiago, Cabo Verde. (Maria Branca Aguiar Monteiro BARRETO, ® nasceu a 28 Mar 1911 em São Nicolau Tolentino, São Domingos, Cabo Verde e faleceu a 23 Jul 2011 em São Nicolau Tolentino, São Domingos, Cabo Verde.)


imagem

Quintino a seguir casou com Adelaide Barbosa BARROS, ®, filha de Egídio Barbosa BARROS, ® e Francisca Pereira d' AFONSECA. (Adelaide Barbosa BARROS, ® nasceu a 24 Fev 1912 em Cidade Velha, Ilha de Santiago, Cabo Verde, faleceu a 13 Mar 2005 em Praia, Santiago, Cabo Verde e foi sepultada a 13 Mar 2005 em Praia, Santiago, Cabo Verde.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto, muitas vezes não pude pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. Assim, peço aos que não desejem conceder tal autorização, o favor de me contactarem com instruções a respeito, pelo endereço electrónico incluso nesta página.

2) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar contributos, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

3) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 22 Abr 2017 com Legacy 8.0 de Millennia