Vicenzo FRUSONI
Luísa SALVADORE
Gaetano BONUCCI ®
Deosolina GIOVAGNOLI ®
Giuseppe FRUSONI
(1868-cerca de 1942)
Erminia BONUCCI ®
(1871-1938)

Sergio FRUSONI ®
(1901-1975)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Mary CARLINI ®

Sergio FRUSONI ®

  • Nascimento: 10 Ago 1901, Mindelo, São Vicente, Cape Verde
  • Casamento (1): Mary CARLINI ® a 26 Jun 1924
  • Óbito: 29 Mai 1975, Lisboa, , Lisboa, Portugal com 73 anos de idade
  • Sepult.: Lisboa, , Lisboa, Portugal
imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Profissão: escritor.

• Nota biográfica: Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Filho de Giuseppe Frusoni, um comerciante de corais de Livorno, e de Ermínia Bonucci, irmã de Pedro Bonucci, o qual foi um ilustre cidadão da ilha. Sérgio nasce desse casamento em 1901. Faz a 4ª classe em Cabo Verde e, atingida a idade do serviço militar, é enviado à Itália. Na terra de seus pais, igualmente, pouco estuda, podendo dizer-se que atinge simplesmente o nível do 2º grau de instrução primária. Ainda na Itália, casa-se com Mary Carlini (posteriormente Maria Frusoni), em 26 de Junho de 1924.

Em 1925, aos 24 anos de idade, regressa a São Vicente, passando a trabalhar na Western Telegraph Company, tendo mais tarde mudado para a Italcable, concorrente da referida companhia inglesa, que, entretanto, havia se instalado na ilha. Em 1931, como empregado da Italcable, consegue a transferência para a cidade italiana de Anzio, onde se manteve durante um ano, até ser transferido, novamente, para a sede em Roma, onde lá estabelece residência entre os anos de 1933 à 1943. Com o advento da Segunda Guerra Mundial, alista-se no exército italiano, exercendo o serviço na função de amanuense. Vencida a Itália, na Primavera de 1945, é preso e internado pelos americanos no Campo de Concentração de Coltano. Com os quatro filhos, incluindo o mais velho, Franco, que igualmente se encontrava no mesmo campo de concentração, é libertado e, em 1947, regressa com toda a família a S.Vicente. Sem qualquer espécie de salário, trabalha para seu tio, Pedro Bonucci, que somente o alojava e o sustentava com sua família.

Também em 1947, passa a gerir o "Café Sport" no Mindelo, onde apresentava poemas e pequenos contos em crioulo. Lá trabalha até que a Italcable, recomposta da II Grande Guerra, reabre suas atividades em S.Vicente, readmitindo-o. Neste posto de trabalho mantém-se até 1964, ano em que se reforma e parte, de novo, para a Itália, onde permanece até 1970. Neste ano regressa novamente à sua terra natal, S.Vicente, e, em 1974, muda-se para Lisboa onde vem a falecer em 29 de Maio de 1975, em casa de seu filho primogénito Franco.

• Nota biográfica: constante no site da Academia Cabo-verdiana de Letras. em virtude de ser patrono da cátedra nº 14A das 40 desta Academia

"Nasceu a 10 de Agosto de 1901 no Mindelo e morreu a 29 de Maio de 1975 em Lisboa. De origem italiana, filho de Erminia Bonucci e Giuseppe Frusoni, comerciante de corais, casou-se com Mary Carlini no dia 26 de junho de 1924, em Livorno. Frequentou a escola até à 4ª classe, depois da qual o pai o enviou, com o irmão Emanuele, para acompanhar a sua educação na Itália. Mas ainda sujeitos ao bullying, os dois irmãos foram repatriados para o arquipélago. Depois, Sérgio Frusoni trabalha na Western Telegraph Company como telegrafista, mas tem de se demitir depois de uma discussão com um colega inglês. Seu pai o mandou de volta para a Itália, para Livorno, onde conheceria sua futura esposa, que tinha idade suficiente para o serviço militar. Em 1925, o casal se junta ao Mindelo, enquanto pouco tempo depois nasce sua primeira filha, Lilia, que morrerá em 1932. Eles ainda terão 4 filhos: Franco, Giosanna, Mario e Fernando. Em Mindelo, Frusoni trabalhou para a empresa rival da Western Telegraph, a empresa italiana Italcable. Em 1931, é transferido para Anzio e um ano depois para Roma. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele alistou-se no exército italiano e foi finalmente feito prisioneiro pelos americanos. Em 1947, toda a família regressou a Cabo Verde. Acolhido pelo seu tio, Sérgio ajuda no negócio da família. Depois tornou-se proprietário de um café chamado Caffè Sport, antes de voltar à Italcable, onde trabalhou até 1964. Dois anos depois, ele voltou com sua esposa para morar na Itália, em Gênova, até 1971. Regressando ao Mindelo em 1974, o casal juntou-se finalmente ao filho Franco em Lisboa, onde Sérgio morreu em 1975."



• Foto em grupo: aquando da emigração de Jonas Wahnon para o Brasil, 1962, Mindelo, São Vicente, Cape Verde. Da esq.- dta. da foto é o 7º

• Residência, 1966-1971, Itália.



• Foto 3ª idade.


imagem

Sergio casou com Mary CARLINI ®, filha de Oreste CARLINI e Ofélia LOTTI, a 26 Jun 1924. (Mary CARLINI ® nasceu a 13 Jul 1905 em Livorno, , Toscana, Italy e faleceu a 8 Nov 1995 em Oeiras, Estremadura, Portugal.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto (ou algumas vezes por descuido), não me foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e/ou fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que não foi por indelicadeza, mas sim e apenas com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o propósito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para nos contactar (e-mail a seguir). Em muitas páginas não se encontram listados todos os filhos da pessoa apresentada. Nada impede de virem a ser paulatinamente acrescentados, à medida que informações fidedignas nos forem fornecidas.

3) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@gmail.com.

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes diretos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar a partir de um nome em linha ascendente e encontrar um nome com (*), saberá que este é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu.

5) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho, uma caricatura ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 19 Mai 2022 com Legacy 9.0 de Millennia