seta seta seta seta
Vicente António Ferreira MARTINS, ®
(1813-)
Eugénia d' Áustria de SENA, ®
(1828-)
Francisco Maria Barreiros ARROBAS
(1826-1878)
Rita Joaquina Martins da VERA-CRUZ
(1823-1878)
José António de Sena MARTINS
(1858-1940)
Estefânia Barreiros ARROBAS, ®
(1866-1902)

Aurélio Augusto Arrobas MARTINS, ®
(1885-1936)

 

Relações da família

Aurélio Augusto Arrobas MARTINS, ® 1

  • Nascimento: 9 Out 1885, Vila Nova Sintra, Ilha Brava, Cape Verde 1
  • Óbito: 20 Jun 1936, São Paulo, , São Paulo, Brazil com 50 anos de idade 1
  • Sepult.: Jun 1936, São Paulo, , São Paulo, Brazil 1
imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:



• Nota biográfica:,. 1 Estudou inicialmente para a vida eclesiástica, ingressando no curso de Teologia, no Seminário e Liceu Jesuíta de Cabo Verde, na I. S. Nicolau. Deixando o Seminário, aos 20 anos, iniciou a sua carreira militar, ingressando na Academia Militar, no curso de cadetes de Lisboa onde foi colega e amigo do infante e futuro rei, D. Carlos I. Aí se destacou pelo seu empenho, sendo nomeado como tenente da Guarda Real, no regimento de Lanceiros, sob o comando do capitão Paiva Couceiro. Terminou os seus estudos superiores na Universidade de Coimbra licenciando-se em Filosofia, Letras e Matemática. D. Manuel II agraciou-o com o titulo de capitão do Exército Real e comandante de Cavalaria da Esquadra de Guarda de Honra do Rei. Neste posto e sob o qual lutou na Revolução de 1910, pelo lado do Rei D. Manuel, foi feito prisioneiro. Escapando com a ajuda de um carcereiro, que conhecia e devia favores à família Arrobas, passou para Espanha exilado, onde ficou algum tempo partindo mais tarde para França. Em fins de 1911, exila-se no Brasil, como emigrado político, instalando-se na cidade de Petrópolis (Rio de Janeiro). Com algumas recomendações, iniciou a sua carreira como professor no Colégio de São José, ensinando Português, Latim e Matemática e mais tarde no Colégio São Vicente de Paula (1912). Em Janeiro de 1917, foi convidado para fundar um colégio na cidade de Jaboticabal, convite esse vindo do Pdr. Joaquim Manuel Gonçalves, amigo de longa data. Em Jaboticabal, fundou, construiu, administrou e dirigiu com excelência o Colégio S. Luís, mais tarde Ginásio Municipal São Luís. Hoje, em sua honra denominada Escola Estadual Prof. Aurélio Arrobas Martins. Foi responsável pela fundação da Escola Normal e Escola Odontologia e Farmácia locais. Ajudou o Colégio Santo André de Jaboticabal, de freiras belgas, para raparigas. Promoveu a vinda de artistas culturais à Sociedade Artística Brasileira. Em 1933, resolve deixar o Ginásio Municipal São Luís de Jaboticabal e muda-se com a família para a capital do estado, São Paulo. Em São Paulo, foi convidado para dar aulas de Direito na Universidade de São Paulo e mais tarde director do Liceu Franco-Brasileiro, hoje Liceu Pasteur. Exerceu esse cargo até ao seu falecimento prematuro. Foi também, membro fundador da Casa de Portugal, da qual foi Presidente de 22 de Maio de 1936 a 19 de Junho de 1936, tendo exercido antes a presidência de forma interina. Nos dois anos que viveu em São Paulo, dedicou-se à escrita do livro "História das Civilizações", com a colaboração do Prof. Ernesto Vidal, que fora colega no Ginásio de São Luís e no Liceu Franco-Brasileiro. Infelizmente, com o seu falecimento, a obra acabou por não ser finalizada. Faleceu no dia 20 de Junho de 1936 (O46c, f. 287v t3716), em S. Paulo, após ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Encontram-se os seus restos mortais no Cemitério de S. Paulo, na capital. Casou a 15 de Agosto de 1914 (MB12, f. 120, o193), em Petrópolis, com D.a Esther Bandeira de Mello, nas. a 22 de Janeiro de 1887, n.al de Porto Alegre (Rio Grande do Sul), f.a do desembargador João Pedro de Sabóia Bandeira de Mello e de D.a Carolina Fernandes Pinheiro


imagem

Fontes


1 Textos escritos, do livro: "Os Arrobas - História & Genealogia" - trabalho de Tiago J.C. Arrobas da Silva, publicado em 2011 e divulgado no Grupo Arrobas do FB.

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Muitas vezes por falta dum contacto não foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que foi, não por indelicadeza, mas sim e apenas, com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o fito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para nos contactar (e-mail a seguir).

3) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que este é de um antepassado comum a JSB e ao portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 16 Jul 2018 com Legacy 9.0 de Millennia