Máximo Diogo José DIAS, ®
(1937-2020)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Canda LUBRINO, ®

Máximo Diogo José DIAS, ®

  • Nascimento: 26 Mar 1937, Moçambique
  • Casamento (1): Canda LUBRINO, ®
  • Óbito: 28 Dez 2020, Lisboa, , Lisboa, Portugal com 83 anos de idade
imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:



• Foto avançada idade.

• Entrevista, 7 Mar 2017.
clip áudio da VOA

Dias lamenta a corrupção nos tribunais.

Máximo Dias, conceituado advogado moçambicano, anunciou que vai terminar a sua carreira ao serviço da justiça, em uma semana.

Ao fim de cerca de 50 anos de exercício, Dias deixa a advocacia com algumas críticas ao sistema, denunciando casos de corrupção e sentenças condicionadas a valores monetários.
Moçambique: Advogado, Máximo Dias, retira-se depois de 50 anos de carreira

"Há magistrados sérios que merecem o nosso grande respeito. Há magistrados que se deixam vender e fazem sentenças de acordo com o dinheiro que recebem, isso é que é vergonhoso" disse.

Dias, com mais de 80 anos de idade, realçou que os casos maus não são muitos, mas são uma grande mancha para o sistema.

O jurista diz ainda que parte dos esquemas de corrupção no sistema tem nos advogados e escrivães os principais actores.

"Quando falamos de corrupção nos tribunais, não é o juiz que vai bater a porta. É o advogado que bate a porta do juiz a oferecer isto ou aquilo, é o escrivão que nos procura para fazermos corrupção e isso é grave, muito grave" disse.

Nas vésperas da sua retirada do exercício da advocacia, por razões de saúde, Máximo Dias faz um breve balanço das cinco décadas de exercício.

Para trás fica um balanço de mais de três mil processos, alguns bastante polémicos, como o desfalque do BCM, no qual defendeu um dos acusados.

Em termos de resultados, ganhou mais de 75% de processos.

• Anúncio necrológico / Agradecimento de condolencias: Presidência da República de Cabo Verde, 28 Dez 2020. No início deste dia 28 de Dezembro de 2020, faleceu em Lisboa, Portugal, o Dr. Máximo Diogo José Dias, pai da Dra. Lígia Dias Fonseca.
O Dr. Máximo Dias tinha 83 anos e era um muito conhecido e conceituado Advogado e Político Moçambicano. Toda a sua vida, o Dr. Máximo Dias dedicou-se à defesa dos ideais da liberdade, democracia, justiça e responsabilização política. Apesar de já muito doente, não quis deixar de dar o seu contributo no livro , livro em homenagem ao Presidente da República de Cabo Verde, seu genro, com uma reflexão sobre a sociedade atual, tocando em questões como Democracia/ditadura, Poder Judicial e Corrupção, entre outros.
Além da advocacia e outras actividades, Máximo Dias exerceu em Moçambique, sua terra natal, os cargos de Deputado à Assembleia da República e de líder partidário.
A Dra, Lígia Dias Fonseca, encontra-se em Lisboa, desde do passado dia 19, acompanhando o pai neste seu caminho final.

• Anúncio necrológico / Agradecimento de condolencias: Voz da América, 28 Dez 2020. Morreu, nesta segunda-feira, 28, em Lisboa, Portugal, o politico e advogado moçambicano Máximo Dias.

A publicação "Carta de Moçambique" escreve que Dias, nascido em 1937, teve uma paragem cardiorrespiratória.

A sua carreira política foi marcada, entre outros factos, em 1974, pela fundação, com Joana Simeão, do Grupo Unido de Moçambique (GUMO), que não teve sucesso na sua intenção de partilha de poder, tendo de seguida decidido exilar-se em Portugal.

Com a abertura de Moçambique ao multipartidarismo, Dias regressou e liderou o Partido Monamo, e concorreu à presidência do país, em 1994.

Integrado na coligação Renamo-União Eleitoral, Dias foi Deputado da Assembleia da República.

Ele retirou-se da advocacia em 2017, após 50 anos de carreira.


imagem

Máximo casou com Canda LUBRINO, ®. (Canda LUBRINO, ® nasceu a 7 Jan em Moçambique.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto (ou algumas vezes por descuido), não me foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e/ou fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que não foi por indelicadeza, mas sim e apenas com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o fito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para nos contactar (e-mail a seguir). Em muitas páginas não se encontram listados todos os filhos da pessoa apresentada. Nada impede de virem a ser paulatinamente acrescentados, à medida que informações fidedignas nos forem fornecidas.

3) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar contributos, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

5) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 15 Abr 2021 com Legacy 9.0 de Millennia