João Maria FEIJÓO, ®
(-1884)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Maria da Conceição CRUZ

João Maria FEIJÓO, ®

  • Nascimento: Lisboa, , Lisboa, Portugal
  • Casamento (1): Maria da Conceição CRUZ
  • Óbito: 5 Jul 1884, Lisboa, , Lisboa, Portugal
imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:



• Patente militar: General,,.

• Nota biográfica:,. General de Divisão, Conselheiro de Sua Magestade, Membro do Estado Maior General do Exército, Lente proprietário da cadeira de arquitectura civil da Academia de Fortificação de Artilharia e Desenho, Lente proprietário da cadeira de arquitectura civil, rios e canais da Escola do Exército, Director dos estudos da secção das ciências de construcções da Escola do Exército,
Vice-Presidente e Presidente (1867 e 1868) da Real Associação dos Arquitectos Civis e Arqueólogos Portugueses(desde a fundação desta associação até a sua morte em 1884), Inspector dos Incêndios da Cidade de Lisboa (1836 a 1851), Grão-Mestre e Soberano Grande Comendador (da Maçonaria) do Grande Oriente do Rito Escocês Antigo Aceite, e Pesidente da Sociedade de Beneficiência de Nossa Senhora da Encarnação.
Ele está ligado à construção de muitos monumentos nacionais e edifícios importants da Cidade de Lisboa e à reconstrução de outros como a Igreja de São Miguel do Castelo em Guimarães onde foi baptizado D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal.



• Anúncio necrológico / Agradecimento de condolencias:,. O CONSELHEIRO JOÃO MARIA FEIJÓO

No dia 5 de jullio do presente anno, finou-se o ex. m ° sr. Conselheiro João Maria Feijóo em avançada idade,
causando este triste acontecimento bastante magoa a todas as pessoas que tinbam tido a fortuna de conhecer
tão respeitável ancião, e muito principalmente aos seus amigos e consocios que tanto o prezavam pelo seu
saber e excellentes qualidades.

Dedicou-se primeiramente aos estudos militares com grande distincção, e foi depois por muitos annos
Lente na Escola do Exercito de Lisboa, como Direclor cTestudos da secção de sciencias de construcção, onde
grangeou a veneração dos estudantes militares pela sua affabilidade e pelo zeloso empenho de lhes propor-
cionar o máximo conhecimento no curso de que era digno professor.

No anno de 1842 foi preferido pelo município da capital para tomar a inspecção dos incêndios, onde
adoptou pela sua superior intelligencia, actividade e zelo acertadas providencias n'este importante serviço
publico ; porém, annos depois resignou este emprego por um brioso comportamento.

Tendo vagado o logar de professor na antiga escola de architectura civil na aula dos Caetanos, foi no.
meado para exercer esta cadeira, e ahi patenteou possuir os precisos conhecimentos n'este especial ensino,
aliás pouco vulgar nas pessoas que se dedicam aos ramos scientificos militares, ás quaes são muito
mais necessários outros para exercerem a carreira a que pertencem: havendo tido o sr. Conselheiro Feijóo
no exercício do ensino de architectura civil a satisfação de habilitar muitos novéis architectos civis, que
ainda hoje se distinguem pelos seus trabalhos na sua nobre profissão.

Havendo nós fundado a Associação dos Architectos Civis Portuguezes em 1863, depois da organisação
d'esta sociedade com os socios architectos que convidámos para este fim, resolvemos admittir no numero
dos membros fundadores tão distincto professor da especialidade. Foi portanto o sr. João Maria Feijóo
considerado um dos socios fundadores como em testemunho que esta Associação lhe dava, reconhecendo-
lhe o seu saber architectonico.

Na creação d'esta Associação foi eleito vice-presidente, logar que occupou até ao seu fallecimento; exer-
cendo também o de presidente nos annos de 1867 e 1868. Era um dos socios que mais se interessava pelo
desenvolvimento d'esta Associação, auxiliando-a com a sua illustração e assiduidade nos mais importantes
trabalhos que temos emprehendido.

Na sessão solemne de 1877, apresentou este insigne socio uma notável memória ácerca da construcção
primitiva das abobadas do edifício monumental de Alcobaça, na qual assignalava o subido gráo de mere-
cimento n'esta remota construcção por ter sido o primitivo trabalho executado por aquelle modo em Portu-
gal. A maneira lúcida e a mestria da descripção scientifica d'essa dissertação, mais uma vez manifestaram
seu profundo saber no ramo da construcção civil ; recebendo pela mesma memória merecidos louvores e ap-
plausos dos seus consocios e do auditorio que assistia á sessão solemne d'esta Associação. Em attenção por um
tão instruetivo trabalho architectonico, tivemos a honra de propor este distincto socio para ser laureado com
uma medalha de prata, que lhe foi unanimemente conferida, recebendo esse bem merecido prêmio das mãos
do nosso Augusto Presidente Perpetuo e Protector S. M. El-Rei O Senhor D. Fernando na sessão publica
de 16 de julho de 1878.

Quando alguém se faz notar no seu paiz por superiores conhecimentos scientificos e adquire por distinctos
serviços artísticos a estima e veneração, não só dos seus confrades, mas também de todas as pessoas illus-
tradas, é sem duvida o seu passamento recebido sempre com grande pezar, deplorando-se como deploramos
a respeito do conselheiro Feijóo a perda de um cidadão prestante, de um brioso militar, de um cultor des-
velado de um dos ramos mais considerados das Bellas-Artes. Foi pois com profunda consternação que os so-
cios da Real Associação dos Architectos Civis e Archeologos portuguezes soffreles estavam a dolorosa separação de
um tão prezadíssimo collega : será a sua memória conservada sempre com ufania para Portugal, fará tam-
bém proclamar o seu nome com veneração por todos que soubeles estavam avaliar o verdadeiro mérito, e não olvi-
dam os relevantes serviços dos distinctos archilectos.

J. Possidonio da Silva.


imagem

João casou com Maria da Conceição CRUZ. (Maria da Conceição CRUZ faleceu em †.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Muitas vezes por falta dum contacto não foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que foi, não por indelicadeza, mas sim e apenas, com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Porem, a todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

3) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 15 Nov 2017 com Legacy 9.0 de Millennia