seta seta seta
António BARBOSA ARANHA, [8m]*
(1699-)
Isabel Correia TAVARES, [8m]*
(1689-)
Pedro Fidalgo de ANDRADE, [8m]*
(Cerca de 1690-)
Cecília da FONSECA, [8m]*
Amaro Monteiro REBELO, [7m]*
(1737-)
Maria Dornalha de ANDRADE, [7m]*
(Cerca de 1735-)
Francisco José do SACRAMENTO MONTEIRO
(1780-1857)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Ana Maria Benedita BARBOSA

Francisco José do SACRAMENTO MONTEIRO

  • Nascimento: 1780, São Filipe, Fogo, Cabo Verde
  • Casamento (1): Ana Maria Benedita BARBOSA a 21 Abr 1811 em São Filipe, Fogo, Cabo Verde
  • Óbito: 16 Mar 1857, São Filipe, Fogo, Cabo Verde com 77 anos de idade
  • Sepult.: São Lourenço, São Filipe, Fogo, Cabo Verde

Símbolo   Francisco também usou o nome Nhô Tchitchico.

imagem

Símbolo  Notas sobre o nascimento:

Sao Filipe, Fogo / Cabo Verde


Ver mapa maior

imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Descendência. Para ver demais descendência em outro site, clique aqui



• O que dele ou dela se conta. Morgado de Pico Pires. Conhecido por "Nhô Tchitchico". Mandou construir um cemitério privado (coisa admitida na época) que passou a ser conhecido por "cemitério dos Sacramento Monteiro". Mais tarde quando a família começou a autorizar que lá fossem enterrados os mortos de outras famílias a ela ligadas por laços de casamento ou apenas de amizade, é que, gradualmente passou a ser designado por "cemitério dos brancos" ou como também é agora conhecido por "cemitério dos portugueses". Já muito tarde, finais do século XIX, inícios do século XX, o cemitério passou para propriedade do município de S. Filipe. Como já estava lotado continuaram a só serem sepultados nele os descendentes dos brancos que lá estavam sepultados pois os espaços tinham sido adquiridos pelas famílias à Câmara Municipal e eles estavam geridos pelos legítimos proprietários "das covas" (como se designa vulgarmente as sepulturas no Fogo).

O cemitério nos dias de hoje (Abril 2014):



• [HeShe] owned property em 1856 em Fogo, Cabo Verde. Consta da "Relação dos senhores proprietários de escravos de 1856" (Apenso 8, Livros #330 e 331) Ilha do Fogo, Cabo Verde, que na sua residência na ilha do Fogo, possuía 18 escravos.

Ver figura ao lado, extraída do livro "Cabo Verde - formação e extinção de uma sociedade escravocrata" de António Carreira publicado pelo Centro de Estudos da Guiné Portuguesa em 1972, para constatar o que foi a escravatura em Cabo Verde entre 1460 e 1878.


imagem

Francisco casou com Ana Maria Benedita BARBOSA, filha de Sebastião José BARBOSA e Isabel Correia Barbosa VASCONCELOS, a 21 Abr 1811 em São Filipe, Fogo, Cabo Verde. (Ana Maria Benedita BARBOSA nasceu a 16 Ago 1795 em São Filipe, Fogo, Cabo Verde 1 e faleceu a 28 Fev 1838 em Portugal 1.)


imagem

Fontes


1 Pesquisa genealógica, (site de Antero Barbosa). clique aqui.

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Muitas vezes por falta dum contacto não foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que foi, não por indelicadeza, mas sim e apenas, com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Porem, a todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

3) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 15 Out 2017 com Legacy 9.0 de Millennia