seta seta
José VIEIRA DE ANDRADE
Emília da SILVA
Manuel ALVES
Dinora da Silva VIEIRA DE ANDRADE

Alberto ALVES, ®
(1956-)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Maria Filipa Spínola SILVA, ®

Alberto ALVES, ®

  • Nascimento: 14 Mar 1956, São Filipe, Fogo, Cabo Verde
  • Casamento (1): Maria Filipa Spínola SILVA, ®

Símbolo   Outro nome para Alberto é Neves.

imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Facebook (acesso condicionado às restrições impostas pela pessoa): clique aqui



• Foto de família: com os filhos, em 2009.

• Nota biográfica: No blog alupeckatentadju.blogspot.com,,. Em 1974, ainda muito jovem, com apenas 18 anos de idade, envolveu-se, de corpo e alma, no combate e na defesa dos ideais da liberdade do seu povo e da independência do seu país;

Dois anos mais tarde, em 1976, viria a alistar-se voluntariamente nos campos juvenis organizados na ilha de Santiago, onde activamente participou, durante 45 dias, em trabalhos voluntários, nomeadamente plantação de árvores, ajuda aos camponeses no trabalho agrícola e organização de actividades nocturnas de animação e promoção cultural;

No ano seguinte, ou seja em 1977, dinamizou a criação de um grupo teatral e de uma equipa desportiva na sua aldeia natal, em Luzia Nunes;

Foi no ano 1982 que criou, e dirigiu durante três anos, nos Mosteiros, onde na altura não havia ciclo preparatório, um externato para leccionar alunos naquele nível académico.

Em 1985, dez anos após a independencia nacional, foi membro do comité de luta contra HIV - SIDA e, pouco tempo depois, delegado sindical em substituição;

De 1985 a 1988, sob a sua liderança, ajudou a criar escolas nocturnas de alfabetização de adultos, associações de pais e encarregados de educação, associações de amigos das crianças e associações funerárias, em vários povoados e localidades da ilha do Fogo;

Em 1988, publicou um artigo de natureza cultural, produto de alguma investigação, no jornal "Tribuna", intitulado: "contribuição ao estudo das cerimónias fúnebres na ilha do Fogo"

Em 1990 escreveu "destinu di Belita", que foi gravada em França, interpretada pela nossa grande Cesária Évora e musicada pelo maestro Ramiro Mendes;

Em meados de 1990, criou, nos EUA, juntamente com outros destacados patriotas emigrantes, a Associação dos Amigos do Fogo, "AMIFOGO" e ajudou a criar, na mesma altura, a famosa Associação dos Amigos do Concelho dos Mosteiros.

Em 1993 posicionou-se na linha de frente do movimento de apoio às vítimas de erupção vulcânica na ilha do Fogo;

Em finais de 1990 participou activamente no movimento de ajuda às vítimas da cólera na ilha de Santiago;

Em 1998 criou e liderou, durante dois anos, com suporte da "AMIFOGO", uma escola de Inglês e de cidadania americana, em Dorchester, Massachusetts.

De 1990 a esta parte, vem empenhando-se em escrever, e já conta com algumas dezenas de poemas em português e na língua materna e,mais de uma vintena dos seus trabalhos em "kriolu" foram musicados, cantados e gravados, em várias obras discográficas, com a participação de destacados artistas da nossa cultura musical.

De 2003 até a presente data, vem contribuindo de forma salutar e determinante para, em colaboração com a Associação Comunitária de Luzia-Nunes, ilha do Fogo, e dos emigrantes deste povoado residentes nos EUA, desencadear um valoroso trabalho de construção de estradas de penetração, arruamentos, placa desportiva e canalização de água às residências, considerado por todos, como um verdadeiro trabalho de desenvolvimento local e de luta contra a pobreza no meio rural.

De 2001 a 2009, enquanto deputado da nação, eleito pelo círculo das Américas, utilizou a sua voz, no plenário da Assembleia Nacional e nos meios da comunicação social, no país e na diáspora, para defender os interesses dos emigrantes e dos cabo-verdianos em geral, para unir os nossos compatriotas à volta da terra-mãe, para valorizar os nossos hábitos, costumes e tradições, para dignificar a nossa língua materna e para suportar os princípios de solidariedade, da amizade e "morabeza", que caracterizam o povo cabo-verdiano.

Em todos os momentos da sua vida, destacou-se como um homem modesto e honesto, muito responsável e trabalhador, um bom chefe de família e educador dos filhos e, também, como um patriota e nacionalista.


imagem

Alberto casou com Maria Filipa Spínola SILVA, ®. (Maria Filipa Spínola SILVA, ® nasceu a 1 Mai 1960 em Cabo Verde.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto, muitas vezes não pude pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. Assim, peço aos que não desejem conceder tal autorização, o favor de me contactarem com instruções a respeito, pelo endereço electrónico incluso nesta página.

2) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar contributos, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

3) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 22 Jul 2017 com Legacy 9.0 de Millennia