João António FERNANDES
Gertrudes Severiana da SILVA LEÃO
José Fernandes da SILVA LEÃO
(1816-)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Gertrudes Aurélia Correia NOZOLINI

José Fernandes da SILVA LEÃO 1

  • Nascimento: 8 Jan 1816, Setúbal, , Setúbal, Portugal 1
  • Baptizado: 17 Jan 1816, Setúbal, , Setúbal, Portugal
  • Casamento (1): Gertrudes Aurélia Correia NOZOLINI a 5 Jun 1856 em Praia, Santiago, Cabo Verde
  • Óbito: Cabo Verde 1
imagem

Símbolo  Notas sobre o nascimento:

Na localidade de São Julião

imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Cargo: cirurgião-mor da Província, 20 Out 1852, Cabo Verde. 1 BOnº 105, 10.12.1852 p 432



• Obra: Cabo Verde, 1855-1856 Os anos de cólera. Na notícia apresentadora do livro, o Expresso das Ilhas (on line) de 24 jul 2020, escreve:

"O rápido crescimento demográfico da população europeia provocou a emigração de milhões de europeus, sobretudo italianos, mas também portugueses e espanhóis, para o Brasil, Argentina e outros países da América Latina. A posição geográfica de Cabo Verde colocava o arquipélago na rota dessas viagens, muito em especial a ilha de São Vicente que, com o desenvolvimento da navegação a vapor, se iria tornar num importante entreposto carvoeiro.

Em meados do século os barcos a vapor ainda não tinham feito desaparecer os veleiros e estes continuavam a abastecer-se de água e de frescos noutros portos do arquipélago pois as viagens eram longas, muito longas. Partindo do sul da europa, os veleiros chegavam a demorar sessenta dias para fazerem a travessia do Atlântico. Eram viagens difíceis, pela falta de espaço, de comodidades e de higiene, agravadas pela má qualidade da alimentação, feita sobretudo de arroz, biscoitos, carne e peixe seco.

Numa tarde de Julho de 1855 chega ao conhecimento do Governador a notícia de que a ilha do Fogo tinha sido atingida por grave epidemia. Rapidamente o Governador tomou as medidas que se impunha, a saber: estabelecimento de um cordão sanitário em volta da ilha de Santiago, incomunicabilidade de todas as ilhas com barcos procedentes do Fogo e envio da escuna Leopoldina para essa ilha, levando a bordo um médico e medicamento.

É disso que se trata o livro organizado e prefaciado por Ana Cordeiro, com a chancela da Ilhéu Editora '96 Relatório da Importação do Cholera-Morbus Asiático pela Barca Sarda "Corça" para a Ilha do Fogo de autoria de José Fernandes da Silva Leão, Cirurgião-Mor da Província desde 1853, agora dada à estampa em fac-similada.

Não foi vinda do reino nem através dos portos mais importantes e frequentados que a epidemia entrou em Cabo Verde. Chegou de forma insidiosa, no dia 1 de Julho de 1855, à ilha do Fogo, a bordo da barca Corça, proveniente de Savona, que se dirigia à América do Sul levando a bordo 240 passageiros. Como foi possível tal acontecer, de que maneira a doença se espalhou e evoluiu, quais as medidas tomadas e as não tomadas pelas autoridades, as vítimas que causou, enfim, todos os pormenores desta epidemia podem ser lidas nesse livro "



• Nota biográfica.

• Condecoração. Comendador da Ordem de Nosso Senhor Jesus Christo, Cavaleiro da muito antiga e nobre Ordem de Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, Oficial da de S.Bento d'Aviz e condecorado com a medalha militar de Bons Serviços, de D. Luiz I e com a de Philantropia e Generosidade, instituida por S.M. Fidelíssima a Rainha D.Maria II."


imagem

José casou com Gertrudes Aurélia Correia NOZOLINI, filha de Caetano José NOZOLINI e Aurélia CORREIA, a 5 Jun 1856 em Praia, Santiago, Cabo Verde. (Gertrudes Aurélia Correia NOZOLINI nasceu em 1835 em Bissau, Guiné-Bissau e faleceu em †.)


imagem

Fontes


1 Jorge FORJAZ, Genealogia das ilhas do Fogo e Brava e de Bisssau - Subsídios, 2 volumes (Ponta Delgada, Açores, Portugal: Letras LAVAdas, 2019), vol. 2: pg. 414.

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto (ou algumas vezes por descuido), não me foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e/ou fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que não foi por indelicadeza, mas sim e apenas com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o fito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para nos contactar (e-mail a seguir). Em muitas páginas não se encontram listados todos os filhos da pessoa apresentada. Nada impede de virem a ser paulatinamente acrescentados, à medida que informações fidedignas nos forem fornecidas.

3) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar contributos, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

5) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 15 Mai 2021 com Legacy 9.0 de Millennia