seta seta seta
Gentil Ferreira Spencer Nobre de MELO
(1862-1899)
Rosa Teodora LIMA
(cerca de 1865-1948)
Luís Justino da Silva MADEIRA ®
(1862-1951)
Maria Ernestina Ferreira WAHNON ®
(1873-1967)
Rafael Martinho Nobre de MELO ®
(1889-1970)
Maria Ernestina MADEIRA ®
(1897-1978)

Luís Romano Madeira de MELO ®
(1922-2010)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Maria José FERMINO ®

Luís Romano Madeira de MELO ® 1

  • Nascimento: 6 Out 1922, Ponta do Sol, Santo Antão, Cabo Verde 1
  • Casamento (1): Maria José FERMINO ®
  • Óbito: 22 Jan 2010, Natal, , Rio Grande do Norte, Brazil com 87 anos de idade 1
imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:



• Foto jovem.



• Transferência / emigração: permanente, 1960, Rio de Janeiro, , Rio de Janeiro, Brasil. 1



• Nota biográfica. 2 Poeta, novelista e folclorista bilingue
Luís Romano nasceu no ano de 1922, na Vila da Ponta do Sol. em Santo Antão. Idealista, polígrafo e independente, a sua produção tem sido editada em órgãos literários locais e internacionais. Grande parte da temática de Luís Romano gira em torno da sua terra natal, Cabo Verde, que ele designa como "Kabverd". Para tanto, concentrou na ficção e estudos uma clara estrutura étnico-telúrica virtuosamente criativa. Além de outros atributos, aliou paciência e tenacidade de observador.
Graças aos dons de poliglota e domínio bilingue luso-verdiano (falado e escrito), adicionados a estudos sobre a etimologia românica, Romano chegou à convicção de que a língua cabo-verdiana procede dialetalmente de um antigo português quinhentista, então praticado nas Ilhas durante as Navegações, e que, como língua nacional, enquadra-se na categoria das neo-latinas, como testemunho inegável.
Bibliografia de Luis Romano
Famintos, romance popular caboverdiano, 1962 (Rio de Janeiro, Brasil), 1975 e 1983 (Lisboa, Portugal)
Clima, poemas, 1963, Recife
Cabo Verde - Renascença de uma civilização,1967 e 1970, Lisboa, Portugal
Negrume/Lzimparín, contos caboverdianos, 1973, Rio de Janeiro, Brasil
Contravento, antologia poética bilingue, 1982, Estados Unidos da América
Cem Anos de Literatura Caboverdiana, 1985, USP-São Paulo, Brasil
Teknosal, vade mécum salineiro, 1990, Col.Mossoró, RN, Brasil
Ilha, estórias caboverdianas, 1991, São Vicente, Cabo Verde
Kriolanda - Estigmas, 1999, São Vicente, Cabo Verde
Kabverd Civilização e Cultura, 2000, Rio de Janeiro, Brasil
Reside no Brasil desde 1962.

• Clip vídeo: in memoriam.

• Nota biográfica: constante no site da Academia Cabo-verdiana de Letras. em virtude de ser patrono da cátedra nº 26 das 40 desta Academia

"Luís Romano de Madeira Melo nasceu a 6 de Outubro de 1922 em Ponta do Sol, na ilha de Santo Antão, e faleceu a 22 de Janeiro de 2010 em Natal, Brasil, aos 87 anos de idade. Filho de Maria Ernestina Walmon Madeira (1897-1978) e Rafael Martinho Nobre de Melo (1887-1970), casou com Maria José Fermino (27/07/1921 - 07/11/2010), filha de Maria do Carmo Fermino e José Dias Correia, nascida na Ribeira Brava, na ilha de São Nicolau. Luís Romano é também irmão de Teobaldo Vírginio. Após três anos de liceu, exerceu várias profissões seguidas, regressando depois à escola enquanto continuava a trabalhar. O resto é incerto. Segundo Manuel Ferreira, Luís Romano percorreu então as ilhas, depois foi para Dakar e depois para Marrocos onde se especializou em técnicas de produção de sal, enquanto estudava engenharia mecânica e eléctrica. Após 14 anos, ele teria decidido partir para o Brasil. Sabendo que obteve o direito de residir no Brasil no Consulado Brasileiro em Casablanca, em 27 de janeiro de 1960, isto significaria que ele deixou Cabo Verde por volta de 1944, com cerca de vinte anos de idade. Outra versão, aparentemente mais idealizada, encontrada nas biografias de Luís Romano, afirma que no final dos anos 50 ele aderiu às idéias do PAIGC, das quais se tornou um dos membros principais, mas perseguido pela PIDE, fugiu via Marrocos e de lá partiu para o Brasil. Em qualquer caso, ele se estabeleceu bem com sua esposa em Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, no nordeste do Brasil, no início dos anos 60, cidade na qual passaria o resto de sua vida, com exceção, segundo alguns, de um breve interlúdio na Praia, após a independência de Cabo Verde, em 1975. Ele também serviu como cônsul honorário de Cabo Verde no Rio de Janeiro. Lá, dedicou-se à escrita e estudo da literatura cabo-verdiana e brasileira."

• Homenagem/Louvor/Reconhecimento: condecoração a título póstumo, 15 Fev 2018, Praia, Santiago, Cabo Verde.


imagem

Luís casou com Maria José FERMINO ®, filha de José Dias CORREIA e Maria do Carmo FERMINO. (Maria José FERMINO ® nasceu a 27 Jul 1921 em Ribeira Brava, São Nicolau, Cabo Verde, faleceu a 7 Nov 2010 em Natal, , Rio Grande do Norte, Brazil e foi sepultada em Nov 2010 em Natal, , Rio Grande do Norte, Brazil.)


imagem

Fontes


1 The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, "FamilySearch," database, FamilySearch (http://new.familysearch.org); "Brasil, Cartões de Imigração, 1900-1965," database with images, FamilySearch (https://familysearch.org/ark:/61903/1:1:V1S6-6V5 : 1 December 2015), Luís Romano Madeira de Melo, Immigration; citing 1960, Arquivo Nacional, Rio de Janeiro (National Archives, Rio de Janeiro).

2 Arquivo Pessoal de Luís Bernardo Ortet de Barros Barbosa da Silva. cópia GEDCOM, fruto do trabalho genealógico de
Luís Bernardo Ortet de Barros Barbosa da Silva

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta de um contacto (ou algumas vezes por descuido), não me foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e/ou fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que não foi por indelicadeza, mas sim e apenas com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o propósito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para me contactar (e-mail a seguir). Em muitas páginas não se encontram listados todos os filhos da pessoa apresentada. Nada impede de virem a ser paulatinamente acrescentados, à medida que informações fidedignas me forem fornecidas.

3) Em genealogia, os apelidos (sobrenomes) provenientes dos maridos das senhoras casadas, são omitidos nos nomes delas. Uma das razões: não criar dificuldades nas pesquisas em registos de nascimento.

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes diretos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar a partir de um nome em linha ascendente e encontrar um nome com (*), saberá que este é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu.

5) Fotografias originais a branco e preto e/ou degradadas, vão sendo, após tratamentos digitais, paulatinamente substituídas por versões com maior nitidez, tornadas coloridas e restauradas.

6) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho, uma caricatura ou uma escultura de seu portador

7) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@gmail.com

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Início | Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 2 Out 2022 com Legacy 9.0 de Millennia